OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

Os Doze Trabalhos de Hércules



Os Doze Trabalho de Hércules foram tarefas que só podiam ser realizadas por alguém com força sobre-humana, como enfrentar uma serpente de várias cabeças. Na mitologia greco-romana, Hércules era filho de uma mortal com Zeus, o chefe dos deuses.

Hércules, o maior de todos os heróis gregos, era filho de Zeus e Alcmena. Alcmena era a virtuosa esposa de Anfitrião e, para seduzi-la, Zeus assumiu a forma de Anfitrião enquanto este estava ausente de casa. Quando seu marido retornou e descobriu o que tinha acontecido, ficou tão irado que construiu uma grande pira e teria queimado Alcmena viva, se Zeus não tivesse mandado nuvens para apagar o fogo, forçando assim Anfitrião a aceitar a situação. Nascido, o jovem Hércules rapidamente revelou seu potencial heroico.

Seu nascimento provocou a ira de Hera, a esposa oficial de Zeus, que mandou duas serpentes matarem o recém-nascido. Este, porém, sem grande esforço, estrangulou as cobras, mostrando desde cedo possuir uma força descomunal.

Hércules cresceu, mas Hera continuou a persegui-lo e usou seus poderes para provocar um acesso de loucura no herói, que acabou matando a própria esposa e filhos. Quando Hércules recuperou a razão, procurou o Oráculo de Delfos - o mais famoso templo de consulta às divindades gregas - para buscar orientação sobre como enfrentar a tragédia.

O Oráculo mandou-o se entregar em servidão a Euristeus, rei da cidade de Micenas, que ordenou a realização das 12 famosas tarefas. "Os 12 trabalhos foram realizados para que Hércules se redimisse das mortes que cometeu e, também, para elevá-lo à condição divina ao fim de sua jornada".

A deusa Atena, por outro lado, era uma defensora de Hércules; ele também desfrutou da companhia e ajuda ocasional de seu sobrinho, Iolau.

Após o último trabalho, Hércules se casou com uma mulher chamada Dejanira. Numa viagem, o centauro Néssus tentou violentá-la e o herói o matou. Entretanto, antes de morrer e disposto a se vingar, Néssus disse a Dejanira que o sangue dele era um elixir do amor e a aconselhou a guardar um pouco caso o marido deixasse de amá-la.

Quando de fato Hércules se apaixonou por outra mulher, Dejanira mandou-lhe um manto com gotas do sangue de Néssus. Ao vesti-lo, o herói sentiu o veneno e percebeu que ia morrer.

Segundo a mitologia, seu corpo humano foi queimado numa pira, mas sua essência ascendeu ao Olimpo - a morada dos deuses.

Já na condição de imortal, Hércules foi transportado para o Olimpo, foi aceito por Hera e a paz entre ambos foi instaurada. O herói se casou com a deusa da eterna juventude, Hebe.



Quais foram os 12 trabalhos de Hércules?
Tais trabalhos não poderiam ser executados por pessoas comuns, meros mortais. Eles eram os seguintes:

1. Matar o Leão de Neméia;
2. Matar a Hidra de Lerna;
3. Capturar o Javali de Erimanto;
4. Capturar a Corsa de Cerinéia;
5. Matar as aves do Lago Estínfale;
6. Limpar os estábulos do Rei Áugias;
7. Capturar o Touro de Creta;
8. Capturar as Éguas de Diomedes;
9. Obter o cinto de Hipólita;
10. Capturar os Bois de Gerião;
11. Obter as Maçãs de Ouro do jardim das Hespérides;
12. Capturar Cérbero, o cão do inferno.

Foto: Arquivo openBrasil.org
Os Doze Trabalhos de Hércules - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Bois de Gérion

Guardião do Hades

Leão de Neméia

Hidra de Lerna

Touro de Creta